sexta-feira, 4 de maio de 2018

Bravo! indica 

BLOCO NA RUA

Teatro, festas, pixo, hip-hop, slam e até cinema: para quem faz arte ou para quem a aproveita, as ruas das cidades são o espaço máximo da liberdade. No novo episódio da temporada "Liberdade", Paula Carvalho conta as histórias que vêm da rua. Em entrevista, Cashu e Laura Diaz, da Mamba Negra, falam sobre representatividade, resistência e ocupação de espaços públicos pelas festas eletrônicas do cenário underground paulistano. Beatriz Goulart mergulha na cena de Belo Horizonte. A ainda tem vídeo com os s slammers Tawane Theodoro, Cleyton Mendes,Patricia Meira e Felipe Marinho, e galeria sobre 10 ocupações de rua pelo mundo, curada pelo produtor cultural Marcos Guzman. 

"ME LEVA PARA O BRASIL"
Considerado o Andy Warhol da Escandinávia, Pushwagner morreu na semana passada em Oslo depois de passar a maior parte da vida na obscuridade. Lígia Krás escreve sobre a sua importância na Noruega: "Ele era uma dessas pessoas cheias de referências interessantes. Um homem extremamente culto, que se permitia experimentar o novo. Levantou questões como a interação entre arquitetura e estilo de vida frenético dos grandes centros urbanos."
ENTRE O SERTÃO E O LARGO DA BATATA
O multiartista Manu Maltez lança livro-disco "com pé na subversão e outro na tradição" do forró, explorando timbres com foco na zabumba e no contrabaixo. Ele falou à Bravo! sobre as suas inspirações para o trabalho. A história do rabequeiro que se apaixona por uma cantora trans ganhou também videoclipe com suas ilustrações – que você pode assistir com exclusividade.

O músico mineiro Vitor Santana fala do projeto Coladera, que faz show em Belo Horizonte

BRAVO! INDICA – LIVROS
Canções Ilumindas de Sol, Carlos Gomes.
Trabalho minucioso do editor da Outros Críticos, compara as principais canções do Tropicalismo e do Manguebeat, apontando convergências e discrepâncias, usando o conceito de canção e composição críticas.
Uma Mulher TransparenteEdgard Telles Ribeiro. Todavia.
Vinte anos depois do ocorrido, um escritor lida com a memória do dia em que viu seu patrão – um conhecido intelectual – com uma arma na cintura, pouco antes de o corpo de uma mulher ser encontrada morta na rua.

Contos de AssombroCarambaia. Antologia de literatura de mistério, reunindo narrativas escritas o fim do século 19 e o início do 20. Entre os autores, Ivan Turguêniev, Luigi Pirandello, Virginia Woolf, Edith Wharton, Leonid Andreiev.

A Esponja dos Ossos, Maria Cecilia Brandi. 7Letras.
Poemas permeados de referências literárias e culturais, desdobrando "notações afetivas sobre a vida comum", como diz o crítico Gustavo Silveira Ribeiro.
BRAVO! INDICA – DISCOS
The Brown Tape, Ghostface Killah (Spotify/Deezer)
Apollo Brown recriou o álbum 12 Reasons to Die, agora com batidas que fazem mais sentido dentro da trajetória do rapper que apareceu com o Wu-Tang Clan. Ressalta o lado mais sombrio das canções.
Scandal, Joe Lovano e Dave Douglas (Spotify/Deezer)
Liderado pelo saxofonista e pelo trompetista, o quinteto de jazz Sound Prints reverencia o som dos anos 60 do segundo grande quinteto de Miles Davis, que tinha o jovem Wayne Shorter fervilhando.
Dirty Computer, Janelle Monáe (Spotify/Deezer)
Goste-se ou não do pop grude, o disco novo de Monáe é importante por carregar o legado de Prince, seu mentor. Ainda é um marco para a cantora por ter se despido do alter-ego androide Cindi Mayweather.
La Dôtu Lado, Coladera (Spotify/Deezer)
O som de Cabo Verde ganha um sotaque brasileiro no encontro do violonista mineiro Vitor Santana com o português João Pires, um bela fusão que ressalta o parentesco dos ritmos brasileiros com africanos.
BRAVO! INDICA – SÃO PAULO
Ao longo do final de semana, a Velha Cia. apresenta a premiada peça Cais ou Da Indiferença das Embarcações no Sesc Pompeia. Por lá, também estreia o novo trabalho do grupo Club Noir: uma adaptação de Fedra, de Racine, assinada e dirigida por Roberto Alvim.

Nesta sexta, Manu Maltez lança o seu livro-disco O Rabequeiro Maneta e a Fúria da Natureza com banda que inclui o lendário Zé Pitoco na zabumba. No Itaú Cultural – que recebe também, no sábado e domingo, o Toninho Ferragutti Quinteto.

Neste sábado, a partir das 17h, o 1st. Meeting of Rare Instruments reúne expositores de equipamentos raros como o TR-8S, da Roland e um Synthi A EMS AKS. No Dissenso Lounge.   

Hoje também tem Noites Trabalho Sujo no Clube V.U, a partir das 22h. De graça no ZIG Club, nesta sexta, Tessuto, alys e Rafa Maia comandam a pista da festa Sauna. Na Trackers, a ÁUDIO INSURGÊNCIA propõe uma mescla de gêneros com line-up cheio de experimentações. Na Peixaria Mitsugi tem BADSISTA. A Batekoo, no Teatro Mars, convida a angolana Titica.

A Balsa recebe hoje os Trovadores do Miocárdio, em sessão com Fausto Fawcett, Junio Barreto, Natalia Barros e Pélico.

O Theatro São Pedro estreia amanhã nova montagem da ópera O Matrimônio Secreto, de Domenico Cimarosa, com encenação de Caetano Vilela e regência de Valentina Peleggi.

Para celebrar o bicentenário de Karl Marx, a editora Boitempo organiza neste sábado evento com aulas, debates, exibição de filme, peça inspirada no livro O Capital e, por fim, festa.

Obras de Ravel, Stravinsky e Xenakis estão no repertório que a Orquestra Jovem do Estado apresenta neste domingo sob regência de Claudio Cruz. Na Sala São Paulo.

Lutando para manter seu espaço na Santa Cecília, a Cia. da Revista inicia nesta terça o projeto Estado de Emergência para arrecadar fundos com a bilheteria de peças e shows.

Craca e Dani Negra lançam O Desmanche neste sábado no Sesc Pompeia com participações de Luedji Luna, Roberta Estrela D'Alva, Clarianas e do Ilú Obá de Min.

Neste sábado, no MIS, às 16h, o ATRAVES\\ lança 1FOTO1HISTÓRIA, série documental que registra a história por trás de fotografias que marcaram a vida de fotógrafos renomados.  Yan Boechat, Tuane Fernandes, Victor Dragonetti, João Machado, Cris Veit, Rogério Assis, Bruno Bernardi, Érico Hiller, João Wainer e Alexandre Orion estão na primeira temporada.

Prestes a lançar novo disco, Ava Rocha faz os últimos shows de Ava Patrya Yndia Yracema nesta sexta e sábado no Sesc Avenida Paulista.

Felipe S. faz show neste sábado às 19h no Titobiergarten.

A Feira POLVO faz a sua primeira edição do ano durante o sábado na Red Bull Station. 

Sons do mundo fazem a pista do Orfeu neste sábado, com Trepanado (Selvagem) e DagoDJ. O after, domingo, é no 380 com a coletividade.NÁMÍBIÀ.

O Instituto Moreira Salles abre em São Paulo a partir de terça-feira (8) a exposição Conflitosrelembre matéria da Bravo! – com conversa entre Angela Alonso, Angela de Castro Gomes e Heloisa Starling. Também está em cartaz até o dia 13 a mostra de filmes de Sergio Oksman.

O Olodum faz show gratuito na zona leste (Av. Prof. Engenheiro Ardevan Machado, s/n, esquina com a Rua Dr. Luiz Ayres) a partir das 16h deste domingo (6).

Na programação da Feira do MST, fazem shows Siba (na sexta-feira), Otto e Ilê Aiyê (no sábado) e Martinho da Vila e a Bateria da Escola de Samba Paraíso do Tuiuti (no domingo). No Parque da Água Branca.  

Abre neste sábado (5) na Galeria Lume um panorama da produção de Ana Vitória Mussi. A artista catarinense eplora a fotografia em diferentes suportes

A partir de quarta-feira (9), a galeria Mara Traba, do Memorial da América Latina, expõe o trabalho inspirado em aldeias do Xingu de Jeffer Zion.  

Encontro de mineiros, Rafa Castro e Túlio Mourão fazem um duo de pianos nesta segunda-feira (7) no Sesc Consolação.

Formada por brasileiros em Londres, a banda Cohiba se apresenta nesta sexta-feira na Sensorial Discos.

Regidos por León Halegua, o grupo vocal Aklave se apresenta no foyer do Auditório Ibirapuera nesta sexta-feira. No domingo, às 19h, é a vez da Orquestra Paulistana de Viola Caipira.

Está em cartaz no Espaço dos Parlapatões Vidros Arriados, com dramaturgia e atuação de Antonio Ranieri e direção de Marcio Macena. Quartas e quintas às 21h.

Na quinta-feira, Juliano Gauche mostra seu novo disco Afastamento no CCSP.

Espetáculos, intervenções, residências e oficinas fazem parte do projeto Fricções, no Sesc Ipiranga. A palestra de abertura, nesta sexta, será sobre escravidão, com o sociólogo Jessé de Souza.

Neste domingo Mãeana se apresenta no Bona, em Pinheiros, às 19h.

Ricardo Aleixo lança Pesado Demais Para a Ventania nesta terça com performance musical de Benjamin Taubkin, no JazzB.

Às terças e quartas na Oficina Cultural Oswald de Andrade, a Cia. Casa da Tia Siré apresenta o espetáculo juvenil Adoráveis Criaturas Repulsivas, com direção de Rogério Tarifa.

Na quarta-feira, Thundercat volta ao Brasil para show no Cine Joia.

Uma oficina de colagem (no sábado, a partir das 10h) marca o fim da exposição Hiperfoto - Brasil, de Jean-François Rauzier, em cartaz até domingo no CCSP. 

Em meio às comemorações de 10 anos do Zap! Slam, criado por Roberta Estrela D'Alva, uma sessão especial nesta quinta-feira (10) exibe o filme Slam, com Saul Williams, e tem mic aberto a partir das 20h. No Galpão do Folias, Santa Cecília. 
BRAVO! INDICA – RIO DE JANEIRO

A Orquestra Cesgranrio apresenta nesta sexta-feira o concerto Maio de 1968 – 50 anos depois, com músicas que foram bandeiras dos movimentos por direitos civis no Brasil e na França. Na Sala Cecília Meireles.

Na terça-feira (8), no Teatro dos Quatro, reestreia A Guerra Não Tem Rosto de Mulher, adaptação do romance de Svetlana Aleksiévitch com direção de Marcello Bosschar. Às terças e quartas até 4 de julho.

Neste sábado no Clube Monte Sinai, na Tijuca, acontece a 49ª edição da feira El Bazzar, a partir das 12h.

A Audio Rebel recebe nesta semana, depois de passar por SP, os últimos shows da turnê de Ava Rocha, no domingo e segunda-feira. Na quarta, pela primeira vez no Brasil, os colombianos da Meridian Brothers.

Marina Lima – que falou à Bravo! recentemente – apresenta Novas Famílias, seu novo álbum, no Rio neste sábado, no Circo Voador.

Reunindo harpistas de todo o mundo, o RioHarpFestival começa neste domingo no CCBB do Rio e vai até 27 de maio.

Quatro filmes de Eduardo Escorel são exibidos no IMS Rio na mostra Getúlio Vargas 1930-45: Imagens do Estado Novo 1937-47; 1930 – Tempo de Revolução; 32 – A Guerra Civil e 35 – Assalto ao Poder. Veja horários e dias.

A quarta edição do Sarau Pelas Artes acontece neste sábado no Dança CCC, com performances, poesia, música, teatro, vídeo-arte e instalações.

A Pinakotheke Cultural exibe 41 obras raras do escultor moderno Victor Brecheret, além de outros artistas que participaram com ele da Semana de 1922.

O violoncelista francês Victor Julien-Laferrièrre apresenta um recital na Sala Cecília Meireles na quarta acompanhado da pianista Araceli Chacon.

Chiara Banfi leva à galeria Silvia Cintra a individual Aquele Disco, baseada na relação afetiva com capas de vinis.

Neste fim de semana acontecem as últimas récitas de Um Baile de Máscaras, de Verdi, em co-produção do Theatro Municipal com o alemão Kiel Theater. A ópera ganhou roupagem futurista na encenação de Pier Francesco Maestrini.

Neste sábado o artista carioca Hildon Berredo fará uma visita guiada à sua exposição, em cartaz no Paço Imperial, a partir das 15h.

Projeto de resistência para discutir as políticas de arte do país e a inclusão da arte negra, o 111 acontece neste domingo no FRONT.

Depois de São Paulo, Thundercat toca no Circo Voador na quinta, na turnê de Drunk.

Até o fim de maio, o CCBB exibe longas de Hong Kong. Em destaque, nesta semana, Made in Hong Kong, de Fruit Chan.

BRAVO! INDICA – BELO HORIZONTE – POR BEATRIZ GOULART

Em um concerto singular, o compositor, pintor, poeta e político cabo-verdiano, Mário Lucio, canta e conta como os sons da África viajaram pelo mundo e entraram nas músicas de todos os continentes. Hoje às 20h, no Teatro de Bolso do Sesc Palladium.

Letrux desembarca no Conexão BH para mais uma "noite de climão" com participação de Marcelo Veronez, do coletivo Toda Deseo. Hoje às 20h, no Mercado Distrital do Cruzeiro.

Lançamento do álbum La Dôtu Lado, dos músicos e compositores João Pires (Portugal) e Vitor Santana (Brasil), Miroca Paris (Cabo Verde) e Marcos Suzano (Brasil), que com o projeto Coladera homenageiam os ritmos lusófonos e a língua de expressão portuguesa como matriz cultural. Haverá participações especiais da cantora angolana Aline Frazão e do músico e compositor caboverdeano Mário Lúcio. Sábado no Grande Teatro do Sesc Palladium

Neste ano, o público dos Concertos para a Juventude conhecerá a orquestra a partir de cada uma das suas famílias, que ganharão destaque a cada concerto, de forma gratuita. No próximo domingo, às 11h, a Filarmônica de Minas apresenta A elegante família das cordas. No programa, Divertimento para orquestra de cordas, de Krieger; Adágio para cordas, op. 11, de Barber; Suíte Antiga, de Nepomuceno; e Serenata em Dó maior, op. 48, de Tchaikovsky. A regência é do maestro Marcos Arakaki.

A Cia Mariana Muniz de Dança e Teatro apresenta Fados e Outros Afins - espetáculo de dança que mergulha nas águas, paisagens e palavras luso-brasileiras, convite à escuta dos fados portugueses e cantores brasileiros. Quinta-feira (10), no Sesc Palladium

Ainda pode ser visitada a mostra 100 Anos de Athos Bulcão que celebra o centenário do artista conhecido pela diversidade de sua obra e grande importância histórica e cultural. No CCBB BH.

No dia 8 de maio, terça-feira, a Casa Fiat de Cultura inaugura, em sua Piccola Galleria, a exposição Por trás do tapume, da artista visual e arquiteta Mariângela Haddad. Em uma série de 11 fotografias e duas montagens fotográficas, a artista revela as memórias guardadas em antigos imóveis de Belo Horizonte que se encontram em meio à transformação da paisagem urbana.

LINKS IMPERDÍVEIS DA SEMANA
PARA LER COM CALMA
Publicação independente que mescla literatura, cinema e psicanálise, A Deriva lança terceira edição, de fôlego.
MACHISMO NA MÚSICA
Por trás dos festivais, a disparidade de gênero na escalação dos line-ups. A Pitchfork mapeou os 20 maiores de 2018, no geral são 70% homens. 
AINDA NELSON
Walter Salles escreve sobre Nelson Pereira dos Santos, morto em abril: sua partida revela a distância entre o país sonhado e o Brasil real.
AIMÉ CÉSAIRE
O Suplemento Pernambuco publica um artigo sobre a importância do poeta martinicano, central na crítica ao colonialismo no século 20. 
EXPANSÃO DA ESCULTURA
Conheça o trabalho de Joseph Cornell, escultor surrealista que mudou os rumos da arte com suas criações auto-didatas.
AINDA MAL COMPREENDIDA
Novo documentário permite observar o legado da cantora Betty Davis, diva do funk que desafiou a moral de seu tempo.
Copyright © 2018 Editora Bravo!, No fundo pode copiar e espalhar à vontade.
Você está recebendo este email porque assinou a newsletter da Bravo!

Nosso endereço:
Editora Bravo!
Rua Aureliano Coutinho, 355
São Paulo, SP 01224-020
Brazil

Add us to your address book


Quer mudar como recebe os emails?
Você pode mudar suas preferências ou sair desta lista

Nenhum comentário:

Postar um comentário